Seguidores

11 de dez de 2007

Instante


Ao lançar lábio com lábio sinto um calafrio.
Meu coração começa a golpear forte o meu peito.
Os meus olhos se enchem de um brilho intenso.
Sinto um arrepio de ponta a ponta, com um raio.
Meu corpo mergulha em alegria, paz, proteção,
uma ordem, um prazer: um bem estar incrível.
Agora todos os dizeres de amor, de todos os tempos,
tem um sentido completo, perfeito e pleno.

Eu trocaria a eternidade por esse instante.

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.