Seguidores

19 de out de 2007

Nuvens


Não sei ao certo se já engarrafei
as nuvens das quais não sei
se realmente encontrei
por onde vi e passei.

As nuvens da memória.
As nuvens do coração.
As nuvens verso e história.
As nuvens samba e canção.

Fala pra minha mãe não chorar
se um dia não me encontrar.
Estarei valsando ao ar
de encanto ao canto em par.
Entre as nuvens a deleitar.

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.