Seguidores

22 de jun de 2009

sul-riograndense

Tenho orgulho e vergonha de ser sul-riograndense!
Vergonha pelo bairrismo de merda que insiste nas mentes acéfalas de muitos!
Orgulho por não fazer parte dessa mediocridade que muitos insistem.

Quem só olha para o próprio umbigo,
acaba por ficar cego.
Consegue ver penas o mundo de bactérias, esporos, ácaros e fungos do seu umbigo.

Eu olho o mundo, que é feito de diferenças, etnias, povos e nações.

Em que mundo você vive?

leandro borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.