Seguidores

6 de jun de 2009

Na vida, no olhar, no coração


Se não fosse a poesia eu morreria
Não teria o brilho nos olhos
o prazer de viver
a alforria da dor
a delicadeza de ser
o respeitar da sutileza
a leveza
a magia
o nascer do sonho
o amor sem dor.

Não veria a cores
o sabor
a alegria de viver.

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.