Seguidores

20 de jun de 2009

Baile de Estrelas


Olha aquela estrela como brilha,
que luz forte emana e tão forte
tanto quanto a luz da lua cheia.

É engraçado como parece andar essa estrela,
e como parece ser triangular, e parece fazer feixes,
e parece estar acompanhada de visitas...

Uma luz magnética e sedutora, intensa e profunda.
Agora vejo melhor, como é curiosa essa estrela,
com muitas estrelas pequeninas a cerca-la.
Essas tão diminutas, ora ali, outra acolá.

Aparecem e correm como riscos no ar.

Estrelinhas que brincam com a nossa percepção,fazem curvas, voam rápido!
Nesse dia eu conheci um novo tipo de estrela, daquelas que se divertem
no grande parque de diversões chamado espaço sideral.

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.