Seguidores

2 de abr de 2009

Um pano branco a espera


Foi sorte?
Foi destino?
Foi acaso ou desatino?

O que vale mais:
Um passado glorioso ou
Um presente glorioso?

Passado, não é passado quando o vídeo da vida
É ainda rodado no presente.
Memórias não são passado
Enquanto não forem esquecidas
Como um rolo que vira em pó, uma media deletada...

O projetor continua lá, esperando o rolo,
Será o antigo ou o novo filme da próxima sessão?

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.