Seguidores

22 de jul de 2008

Dual vida


Eu sou apenas um grão de areia solto
ou sou um grão ao mar de sonhos?

O sorriso de minha infância guardo no peito,
deixo descansar toda a pureza no coração.

Sou apenas mais um
ou sou mais um?

O que vale mais? Um sorriso ou um cartão de crédito?
O que é de verdade? O amor ou o capital?
Devo seguir o coração ou o metal?
Quantos dólares vale um quebrar de um sonho?

Teço uma vida de verdades e me desfaço dos ostentares.

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.