Seguidores

24 de mar de 2009

Copos Vazios


Os meus amigos estão aqui
sentados,
não bebem.

Conversamos, ficamos em silêncio,
nos olhamos mas não bebemos.
Todos estão procurando
e procurando: nada a encontrar.

Os meus amigos estão aqui
sentados,
não, eles não bebem.

Só queremos nos divertir, viver, sorrir
e beber, mas a grana tá pouca.
A alegria tá escondida
assim como está negra essa ferida.

Os meus amigos estão aqui
sentados,
é verdade, mas não bebem não.

Passou uma onda, levou o ouro, alegria,
coragem, gana, ousadia, amor e desejo.
Nos deixou apenas a depressão profunda e o copo vazio.

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.