Seguidores

14 de dez de 2009

Savana e estrelas

Deixo e levo te comigo.
Eu sigo, porque o caminho é em frente.
Não deixo pra trás, vou em frente e comigo levo.
Leve vou com o passar dos passos sem ferir a grama.

Tenho a força como leão para atingir meus objetivos
e a sensibilidade muito acentuada
que faz com que não passo por cima dos outros.

Sensível para lidar os impulsos como um domador de leões.
Sigo, e persigo, e vejo meu seguidores.
A sutileza com que os vejo, não lhes desejo dominar.

Sem impor meu peso passo leve e rápido.

A força e o coração aberto a te ouvir.

Os ventos levam os pelos e cabelos ao ar
e a luz do sol faz reluzir o amarelo ouro.

Te tenho no coração, para ele não desilumine.
Busco a fé para que meus pés não vacilem
que o alvorecer seja mais sublime que o abismo.

Coragem para cruzar os longos caminhos
passar pelo vale das sombras
buscar o auto conhecimento
a superação
e o teu coração.

Não duvide de minhas palavras
se em sua mente quer desconfiar
deixe seu coração/estrela reluzir e verá.

Deixe sobreviver, veja nos meus olhos como vive.
E brilha tanto que a cada dia nasce uma nova estrela.

Não é a toa que vejo o Arapoty nos teus olhos.

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.