Seguidores

25 de ago de 2010

Ana Esmeralda

São olhos firmes.
Formas curvadas e nuancias.
Corpo sustentado.
Feito em escultura móvel.
Com arrojo e encantamento.
Cria um corpo-curva.
Pisas firme, cria o vento.
Límpida dessipa a água turva.
Traz a lua.
Traz a cor.
Encanto, verso e canto.

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.