Seguidores

13 de nov de 2013

Alegria Transcendental


Constelações de fogos de artifício.
São os ares do novo tempo que
dentre o fogo se faz presente.
Apenas um transbordar de alegria
toda o alma, corpo e mente.

Alforria da dor, a beleza do flutuar
entre o silêncio e a calmaria.
Síncronos saltos para o ápice
se faz no palco da vida.

A arte eu me mostro cru e transparente.
Alegro nos embalos da canção
que linda se faz em um oceano de vibração.

O regorgizar, a alegria
e o jubilo: transcendentais.
Todas as cores parecem dobrar
e transbordar de cores e sons.

Lindo é a queda livre.
O penhasco de liberdade.
A falta de chão nos dá a liberdade.
Há grande firmeza mesmo sem base.

A grande celebração da vida
cânticos ei de entoar e agradecer.
Grande presente nos foi dado.

Turbilhão de explosões.
No meu corpo há o brotar da flor.
A trilha me deixa em seus
braços a descansar enfim.

Leandro B. C. Borges - 5/2005

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.