Seguidores

8 de ago de 2012

Vida Dilacerada


Luzes.
fogos.
Luzes e
sombras.
Névoa,
clarão,
andando
na ilusão.
Figuras
destroços,
vidas perdidas.
Mulheres,
crianças:
caos total.
Vidas partidas,
separadas.
Destino dessa vida.
ó vida dilacerada!
Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.