Seguidores

8 de ago de 2012

No caminho da luz

Trago a bola de fogo nos olhos dos olhos.
São como passaros igneos selvagens.
Transbordam de energia e calor.

Em meu peito rufam tambores cintilantes.
Abrilhantam com a poeira sonora fantástica.
Banham de uma cachoeira de tons.

Uma respiração bela, cativa e estonteante.
Aspira a essência do meu sonhar.
Espira o mundo da tua estrela.

Deita no peito de Deus e sonha.
Revela o teu eu mais bonito, mais singular.
Deixa livre a estrada das estrelas.

Se o mundo anda coberto de sujeira.
Leva até ele a tua espada e escudo de luz.
Segue limpo, leve e voa; voa muito alto.

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.