Seguidores

8 de ago de 2012

Coração ao Sul


É pulsante radiação que explode no meu peito.
Salta o coração como um flecha, destino feito.
Corre como um menino para o grande protetor.
Ponteiro vermelho sangue, mostra o caminho: esplendor.

Aponta pro teu berço querido a direção.
Alinha o meu peito para voar então
seguindo a jornada como os pássaros a migrar.

Vai ao extremo buscar, o teu rumo.
Alcança teu alvo, acerto em sumo.

Segue no céu azul.
Revela o teu coração,
mostra a direção:
o teu norte, o sul.

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.