Seguidores

21 de ago de 2011

Guri-Interior

Contemplo o som da minha rua,
as dezenas de pássaros a cantar.
A mais bela melodia de orquestra
fica aquém da bela natureza.

Contemplo a vista interna.
Meus campos, gramas e pastos.
Um paraíso para o guri-interior...
esse que corre pelo pasto.
Contente por mais um céu azul
e o vento da liberdade correndo solto.

Correr com o cavalo, com os pássaros.
Deitar ao sol, ver passarinhos brincando.
Cuidar da natureza amiga e tirar da guaiaca amor e prosperidade.

Leandro Borges - 26/09/10

Um comentário:

apaixao-desconceito disse...

bonito,leve.
Gostei muito
AP

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.