Seguidores

20 de dez de 2010

Pouso a vida ao voar


Se o céu me é permitido tocar, entre quantas estrelas posso estar?

São as fortes ondas do sul que me fazem voar muito mais alto!

Somos sol
Somos verão
Somos sul
Somos cores
Somos azul
Somos flores
Somos céu
Somos amores
Se em um ponto de vida posso encontrar todas as formas

Pouso a vida ao voar

Não necessito de guerras, e sim de paz, amor e amigos!

Leandro Borges

Nenhum comentário:

Creative Commons License
Poesya, não burguesia! by Leandro Bastos Carneiro Borges is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at poesyas.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://poesyas.blogspot.com/.